Os Jogos Olímpicos vão muito além das competições, medalhas e cerimônias. O evento também ultrapassa as semanas de provas olímpicas e paralímpicas. Além da mensagem simbólica de superação, paz e confraternização entre as nações que dá cara à competição, existe o chamado legado olímpico para os países-sede dos jogos. Infraestrutura, crescimento econômico e investimentos na área esportiva são apenas alguns dos exemplos da herança deixada por uma olimpíada.

 

Obras

Quando se fala em legado olímpico, a infraestrutura vem em primeiro lugar. No Brasil, foram investidos cerca de 24,6 bilhões em obras estruturais. Novas áreas esportivas, melhorias no sistema de transportes, obras contra enchentes, tratamento de esgoto na Baía de Guanabara, revitalização da região portuária e novos laboratórios são algumas das heranças olímpicas no Rio de Janeiro.

 

As obras estruturais, entretanto, não se limitam à Cidade Maravilhosa. As cidades sedes do futebol também receberam investimentos. Apesar de já terem passados por reformas na Copa do Mundo, quando foram anfitriãs, Salvador, Belo Horizonte, Brasília, Manaus e São Paulo receberam melhorias principalmente em estádios e aeroportos.

 

Além disso, entre as novas construções no Rio de Janeiro esteve bastante presente o conceito de arquitetura nômade. A ideia promete amenizar um problema comum após eventos de grande porte como as Olimpíadas: obras estruturais de cara manutenção ou que acabam ociosas após as competições.

 

Graças a essa iniciativa, a Arena do Futuro vai se transformar em quatro escolas, com 17 salas de aula cada, após os Jogos. Já o Estádio Aquático será convertido em dois centros de treinamento que podem ser montados em qualquer cidade brasileira.

 

Educação

Os valores olímpicos são símbolo da competição, exaltados no mundo todo. No Brasil, eles irão além das semanas de jogos. Isso porque as Olimpíadas trouxeram consigo o programa Transforma, que beneficia cerca de 28 mil alunos da rede municipal do Rio de Janeiro. O projeto conta com dicas para professores e material de apoio para promover vida ativa e saudável entre os alunos. O Transforma pode ser adotado por instituições de todo o País.

 

Cultura

A cultura também é uma das bandeiras levantadas nos Jogos Olímpicos e, no Brasil, ela ganha destaque no programa Celebra. O projeto tem foco no espaço urbano, celebra a diversidade cultural brasileira e conta com intervenções artísticas nas áreas de artes visuais, artes cênicas, literatura, música, dança e arte popular. O Celebra conta ainda com uma linha do tempo da música brasileira, desenvolvida em parceria com a Funarte. A plataforma gratuita pode ser acessada em http://timelinemusicabrasileira.org.br/