Naquele que é considerado como o maior teatro ao ar livre do mundo, acontece uma encenação surpreendente da Paixão de Cristo todos os anos. Em meio ao interior de Pernambuco, naquela que era a pequena vila de Vida Nova do município do Brejo da Madre de Deus, foi construída a Nova Jerusalém, uma cidade teatro com 100 mil metros quadrados, cercada por uma muralha de pedras de quatro metros de altura e com 70 torres de sete metros cada uma.

 

Dentro deste espaço, foram erguidos nove palcos-platéias que reproduzem os locais onde Jesus passou os seus últimos momentos, desde áreas externas, como a famosa área do Sermão da Montanha até o monumental Templo de Jerusalém.

 

Obra é resultado de um sonho

A proposta inicial foi concebida por Plínio Pacheco em 1956, mas só foi concluída em 1968, graças ao esforço de seu idealizador, e de inúmeros arquitetos, cenógrafos, artesãos e trabalhadores nordestinos. A cidade de pedra, uma réplica de um terço da área murada da antiga Jerusalém, é fruto de um sonho que Plínio teve em 1962, onde ele viu a cidade-teatro construída em uma região rochosa, árida, cercada por montanhas e com pouca vegetão rasteira.

 

E tudo isso começou com pequenas encenações locais do Drama do Calvário, inspiradas nas apresentações feitas nas ruas de Oberammergau, na Baviera alemã, e que chamaram a atenção do comerciante e líder político local Epaminondas Mendonça. Este acreditou que a realização de algo parecido seria uma boa opção para atrair turistas para a região, e logo o evento ganhou porte e começou a ganhar o interesses de atores e técnicos de teatro da capital pernambucana, Recife.

 

Elenco traz atores da Globo

Para tornar real uma apresentação teatral dessa grandiosidade, é necessária a participação de 550 atores – alguns trazidos do elenco da Rede Globo – e figurantes, 400 técnicos e assistentes, e são usados 800 figurinos. Desde então, são 48 anos de apresentações initerruptas, permitindo que mais de 3,5 milhões de pessoas já assistiram às apresentações – sendo que cerca de 50% destes voltam pelo menos mais uma vez.

 

E essa obra nunca para de ser construída, com novas áreas sendo acrescentadas a cada ano, com o objetivo de melhorar a qualidade artística ou o conforto do público que comparece à Nova Jerusalém.

 

A apresentação de 2016 acontece de 19 a 26 de março, e apresenta os últimos dias de Cristo do Sermão da Montanha até a ascenção aos céus. Neste ano, estarão no elenco global Bianca Rinaldi (Maria), Antonio Calloni (Herodes), Fiuk (Apóstolo João), Odilon Wagner (Pilatos) e Caroline Correa (Madalena). Igor Rickli também retornará pelo segundo ano consecutivo no papel de Jesus. Outras informações estão disponíveis no site do evento (http://www.novajerusalem2016.com.br)