A tradição de comer churrasco é forte no Brasil. Esse hábito gaúcho espalhou-se por todo o país, e é um das formas favoritas de deliciar-se com uma refeição com a família ou entre amigos. Esteja onde você estiver no Brasil, você irá encontrar um local oferecendo churrasco, inclusive em boa parte do interior do país.

 

Os restaurantes especializados neste tipo de iguaria são as churrascarias, as quais especializam-se em oferecer carnes dos mais diversos tipos e origens em sistema de rodízio e a la carte. Os preços também variam muito não só de acordo com o tipo de carnes, mas também pela localização, instalações e acompanhamentos oferecidos.

 

E aqui estão alguns conceitos básicos quando se fala em churrasco brasileiro:

 

Carnes

As carnes servidas nas churrascarias variam de acordo com a qualidade e com o tipo nível do estabelecimento. Porém, não existe churrasco sem alguns cortes, como a picanha e o cupim (com ou sem alho), e a regra é servir os melhores cortes do boi, as chamadas carnes nobres.

 

Também são incluídos no churrasco carnes de ovelha, de porco, aves, e, nos restaurantes mais sofisticados, você poderá encontrar algumas caças e opções exóticas. Além disso, a línguica toscana, o coração de frango e o queijo coalho também são tratados na brasa e servidos durante o rodízio.

 

Rodízio

Ns churrascarias, as carnes são aprecidas em sistema de rodízio – uma tradição que parece ter nascido em São Paulo e não no Rio Grande do Sul. Você paga um valor fechado e come o quanto quiser e por quanto tempo quiser ficar no restaurante. As carnes são servidas em espetos pelos garçons e a sua porção é fatiada para você na hora.

 

Você pode recusar a opção oferecida naquele momento (mas ela voltará a circular algum tempo depois), e ainda é possível escolher o ponto da carne. Muitas churrascarias contam com algum tipo de objeto que você pode colocar na mesa indicando se você quer mais carnes ou se gostaria de um intervalo – geralmente algo com uma indicação verde/vermelha, ou sim/não.

 

Buffet

Além das carnes em si, as churrascarias oferecem um buffet com acompanhamentos. Estes vão desde simples saladas, arroz, feijão e farofa, até sushi nos estabelecimentos mais sofisticados – algumas churrascarias orgulham-se de seus buffets com mais de 50 opções frias e quentes.

 

No entanto, a experiência manda não abusar dos acompanhamentos, do contrário não haverá espaço no estômago para as carnes. Ainda assim, também é possível encontrar disponível um buffet de sobremesas, com bolos, doces, pudins e outras iguarias. Porém tanto estas quanto as bebidas são geralmente pagas à parte.