Fruta tipicamente tropical, a goiaba está bastante presente na dieta dos brasileiros. Nutritiva, barata, versátil e de baixa caloria, praticamente não há restrições para o consumo desse produto.

 

A goiaba pode ser encontrada em duas variações principais no Brasil. A mais popular é a goiaba vermelha, que possui casca amarela e exterior rosado. A goiaba branca também é consumida no país. Com casca esverdeada e interior pálido, essa goiaba possui menos vitamina C, mas é bastante rica em potássio. Por isso, ela é indicada para esportistas e grávidas.

 

Além do consumo in natura da fruta, a goiaba fica ótima na forma de suco, geleias, doces e sorvetes. Ela também é muito utilizada como recheio de biscoitos, consumidos principalmente no café da tarde e em aniversários infantis. O doce da goiaba é conhecido goiabada e são populares tanto sua versão caseira como a industrializada.

 

Entre os principais benefícios dessa fruta, estão suas propriedades de combate a infecções e hemorragia, fortificação de ossos, dentes e músculo cardíaco, efeito antioxidante e regulação do sistema digestivo. A goiaba só é contraindicada para pessoas com aparelho digestivo delicado ou intestino preso.

 

O melhor momento de consumo da goiaba é no início de seu processo de maturação. Quando muito madura, a fruta pode perder alguns de seus nutrientes. Ela pode ser conservada tanto em temperatura ambiente quanto na geladeira.