Uma breve história do Brasil

Antes da chegada dos colonizadores europeus no século XVI, o Brasil permaneceu habitado por tribos autônomas seminômades, subsistindo de um estilo de vida de caça. No início de 1500, os portugueses foram o primeiro grupo de europeus a chegarem na região, e sob o comando de Pedro Álvares Cabral, defenderam a região contra invasões estrangeiras até o fim do domínio colonial no começo do século XVIII.

1600

O Brasil se consolidou cada vez mais como uma Fortaleza estratégica e econômica, começando com o boom da indústria de cana-de-açúcar no século XVI, formando a base da economia brasileira. Com o aumento das grandes plantações, escravos africanos foram introduzidos à terra, contribuindo com rica influência na cultura contemporânea brasileira. Assim que o Brasil se tornou reconhecido como um grande porto internacional, os próximos 150 anos viram as forças europeias tentando marcar presença nas indústrias lucrativas da região. Colonizadores franceses tentaram se estabelecer no Rio de Janeiro na metade do século XVI e novamente, no século seguinte, os holandeses se esforçaram para se estabelecer ao longo da costa leste. Devido à bem-sucedida defesa dos portugueses contra forças invasoras, pouca influência francesa e holandesa foi levada para as eras subsequentes.

1800

No século XVIII, a descoberta de minas de ouro no Brasil levou a um crescimento econômico sem precedentes e de interesse internacional, atraindo uma imigração significativa do resto do continente. Minas Gerais se tornou o centro da mineração de ouro na região, e em 1830, o Brasil viu a abertura da maior mina de ouro da América Latina. Este momento foi conduzido e financiado pela liderança britânica, revolucionando e modernizando a indústria de mineração brasileira, que continuou a florescer até o início de 1900.

1822

A realocação da família real portuguesa para o Rio de Janeiro em 1808 elevou o Brasil além do status de uma simples colônia, e foi unida ao reino de Portugal e Algarves em 1815 para formar o Reino de Portugal. Após a saída do rei de Portugal, o Brasil conquistou sua independência pouco depois, após a Guerra da Independência em 1822. A continuação do Brasil como uma nação de exportação foi reforçada com a diversificação de seus produtos para o café e a borracha, estes e outros formando a base da paisagem econômica do Brasil.

1930

Bem adentro do século XX, o Brasil continuou a expandir seu desenvolvimento agrícola e industrial na região, enquanto politicamente, permanecia sob a constante mudança de poderes e estruturas. Após anos de instabilidade política entre 1930 e 1985, o país viu sua libertação de décadas da ditadura militar em 1985, com a nação aproveitando a primeira eleição democrática em 1989. Hoje, o Brasil representa uma das economias emergentes com mais rápido crescimento – entre Brasil, Rússia, Índia, China e África do Sul (BRICS) – e floresce com um equilíbrio único de beleza natural e metrópoles movimentadas e modernas.