O samba é, talvez, o gênero musical brasileiro mais conhecido em outros países. Trata-se de uma criação popular, nascida nos pés e na voz dos escravos africanos trazidos para o Brasil pelos colonizadores portugueses. E um pouco mais sobre esse ritmo contagiante você vai ler logo a seguir:

 

Samba surgiu como forma de socialização

 

Ninguém sabe ao certo onde e como surgiu o samba, ou mesmo a origem real de seu nome. Ao que tudo indica, a palavra é uma variante do termo africano “semba” que significa “umbigada”, uma referência a uma das muitas maneiras de dançar o samba.

 

A verdade é que o samba derivou da necessidade dos escravos africanos vindos de diversos pontos do continente de socializar sem o uso da língua falada e sem a posse de instrumentos – tudo acontecia na batida de qualquer objeto disponível, os chamados batuques.

 

Por isso mesmo, o samba tem, hoje em dia, tantas variantes espalhadas pelo Brasil, já que cada grupo criou sua própria forma de expressão musical e artística.

 

Possivelmente, o formato mais famoso internacionalmente é o samba urbano, que surgiu no Rio de Janeiro no início do século XX, e pode ser abundamente visto durante os desfiles das escolas de samba do Carnaval carioca e paulista. Outros estilos bastante conhecidos são o samba de roda e o samba de gafieira (em que se dança a dois).

 

Samba é mais que samba: é bossa nova

 

Mas, o samba ganhou o status de ritmo de elite quando foi influenciado pelo jazz e deu a base para o nascimento da bossa nova, um outro genêro musical brasileiro mais que famoso – quem já não ouviu falar da Garota de Ipanema, que já foi cantada até mesmo por Frank Sinatra?

 

Não se deixa enganar pela origem simples e popular do samba. Este é um estilo de dança que exige grande preparo físico e muitas horas de ensaio para ser executado com perfeição. E é por isso mesmo que nem todo brasileiro é capaz de dançá-lo como gostaria ou deveria – mas a maioria vai sim arriscar alguns passos, principalmente durante o Carnaval.

 

Ainda assim, é sempre possível aprender alguma coisa durante uma visita ao Brasil e muitos locais ficarão felizes em ajudá-lo a tentar. E como o samba tem várias variações, talvez alguma delas seja uma opção adequada para você.

 

Mas, principalmente, vale sempre lembrar que o samba foi criado com o objetivo de criar laços, afastar a tristeza e fazer novos amigos, e não de criar super dançarinos. Por isso, não tenha medo de participar da festa e apreciar de perto uma expressão cultural genuína e bonita de se ver.