O artista de rua nascido em Brasília, Pedro Sangeon, garantiu ao grafite um lugar de honra nas ruas da capital brasileira. Usando a arte para divulgar mensagens positivas de reflexão, ele já tem o seu trabalho divulgado e compartilhado por milhares de pessoas pela internet afora – sua página no Facebook já conta com quase 20 mil seguidores.

 

O seu personagem Gurulino tem traços simples porém marcantes, e é capaz de representar qualquer um que passa e admira a arte de Pedro Sangeon. De forma bem humorada, ele deixa o seu recado sobre questões delicadas, como participação política e autoconhecimento.

 

No que o próprio autor define como humor espirituoso e contemplativo, seus grafites já se tornaram parada obrigatória de quem anda pelas ruas de Brasília, como um oásis colorido em meio a um cotidiano cinza e barulhento de pedra.

 

Gurulino nasceu em Barcelona

Segundo Sangeon, ele já nasceu desenhando, mas teve como grande inspiração a sua mãe, que vivia rabiscando em casa. Já Gurulino nasceu em Barcelona, onde ele descobriu a ioga em meio às aulas de arte, e tornou-se professor dessa técnica milenar. Inspirados nos ensinamentos aprendidos, Pedro Sangeon decidiu criar algo que pudesse levar ao público ideias cheias de otimismo e de paz.

 

E nada melhor do que usar as paredes da cidade para que as suas mensagens chegassem ao público de uma forma mais ampla e mais rápida. Além disso, esse tipo de proposta só se torna viável por meio da união entre o público e o privado (outro objetvo da obra de Sangeon), geralmente tão afastados uns dos outros, já que ambos precisam aprovar o uso do espaço para a realização do grafite.

 

Sangeon leva grafite para o público infantil

Para garantir que o grafite continuará com a sua missão de levar conscientização às ruas, Pedro Sangeon participa de diversos workshops, palestras e seminários sobre o assunto, inclusive voltados para o público infantil. Durante os workshops, ele compartilha as suas técnicas e tenta explicar as belezas da arte ao ar livre.

 

Mesmo assim, ele leva a sua arte para todo o lugar, inclusive para as páginas de jornais. Atualmente, Gurulino pode ser encontrado em forma de tirinhas publicados pelo Correio Braziliense, que já o havia nomeado como um dos influenciadores da capital brasileira por meio do projeto Retrato Brasília, em parceria com o Centro Cultural Banco do Brasil (CCBB).

 

Além disso, Gurulino também está viajando dentro e fora do Brasil, e já pode ser admirado no Rio de Janeiro, em Paraty, em Barcelona, em Berlim e em Nova Iorque.