Desde que chegou ao Brasil, em 2014, o Uber se tornou uma febre no país. O serviço de transporte privado, que funciona por meio de um aplicativo para celular, tem como prerrogativa um atendimento prático, seguro e confortável. Em um mercado engessado e pouco acessível, a combinação atraiu clientes de forma meteórica, mas também foi alvo de debates acalorados, com ênfase à necessidade de regulamentação do serviço.

 

Após ser suspenso pela Justiça e incitar protestos, greves e até vandalismo, o Uber foi recentemente legalizado na cidade de São Paulo, em um ato que deve ser em breve replicado nas demais capitais em que a empresa norte-americana opera no Brasil. De acordo com decreto anunciado pela prefeitura paulista, o serviço de transporte individual por aplicativos está liberado mediante o pagamento de concessão por quilômetro rodado com passageiros.

 

A ideia é compensar a não necessidade de alvará desse serviço, diferente do que ocorre com o táxi comum e táxi preto. Os valores arrecadados serão utilizados na manutenção das vias públicas. Para o Uber, o valor estabelecido é de R$ 0,10 por quilômetro rodado. A empresa decidiu repassar a taxa para o consumidor, que terá a tarifa discriminada em sua fatura, separada do valor da corrida.

 

Mesmo com a nova taxa, o Uber continua mais barato do que o serviço de táxi tradicional. Atualmente, pegar um táxi em São Paulo equivale a pagar R$ 2,75 por quilômetro rodado na tarifa comum, e R$ 3,58 na bandeira 2. Além disso, o passageiro precisa pagar a bandeirada, que é de R$ 4,50. Já no Uber, o consumidor pagará R$ 1,50 por quilômetro rodado no serviço UberX, e R$ 2,52 no UberBlack. A bandeirada é de R$ 2 e R$ 3,80, respectivamente.

 

UberCOPTER

A Uber também oferece serviços de táxi aéreo em São Paulo. O UberCOPTER conecta cinco helipontos e quatro aeroportos. Cada aeronave comporta até cinco passageiros, com o limite de 500 kg no total. Os tripulantes podem portar até 25 kg de bagagem e 5 kg de mala de mão, cada. O preço é fixo e cobrado por assento, independente do número de pessoas a bordo.

 

Assim como o UberBlack e UberX, o UberCOPTER custa mais barato do que o serviço de táxi aéreo tradicional. Uma das corridas mais caras, o trajeto de cerca de 13 minutos entre o hotel Blue Tree Faria Lima, na zona oeste, e o Aeroporto de Guarulhos, custa R$ 460 já com taxa de pouso. O mesmo trajeto custaria em torno de R$ 1,5 mil no mercado comum.