Vestido de Marilyn Monroe é arrematado por US$ 4,8 milhões

Um vestido usado em 1962 por Marilyn Monroe para cantar uma canção de feliz aniversário ao então presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, foi vendido nesta quinta-feira (17/11) por 4,8 milhões de dólares em um leilão da casa Julien's Auctions, em Los Angeles.

O traje da diva de Hollywood foi arrematado pela Ripley's Believe it or Not!, império midiático americano detentor de uma rede de museus e especializado em itens bizarros e significativos historicamente. A venda superou as estimativas da casa, que apostava em um valor entre 2 milhões de dólares e 3 milhões de dólares.

Monroe, um dos sex symbols mais famosos do século 20, usou o vestido cor da pele para entoar uma provocante versão de Parabéns a Você durante uma festa de gala em homenagem aos 45 anos de Kennedy.

Desenhada pelo estilista francês Jean Louis, a peça tem 2,5 mil cristais costurados à mão. O vestido era tão justo que precisou ser costurado diretamente no corpo da estrela, dando a impressão de que ela estava nua.

"Marilyn Monroe cantando Happy Birthday Mr. President é certamente uma das mais famosas performances improvisadas da história americana", disse Darren Julien, presidente da Julien's Auctions. "Esta noite foi um dos momentos mais importantes da nossa história como companhia. Somos incrivelmente privilegiados pela oportunidade de poder oferecer esse vestido incrível, da estrelas do cinema mais lendária de todos os tempos."

Na primeira vez em que foi leiloada, em 1999, a peça de roupa havia sido vendida por 1,26 milhão de dólares na casa Christie's. O recorde, no entanto, ainda pertence ao célebre vestido branco que eternizou a diva em cena do filme O Pecado Mora ao Lado, arrematado por 5,5 milhões de dólares há cinco anos.

O vestido de 1962 faz parte de uma série de mais de mil itens pertencentes a Monroe que serão leiloados ao longo de três dias pela casa Julien's Auctions.

IP/afp/rtr

De outros Notícias