Deutsche Bank pagará multa bilionária nos EUA

O Deutsche Bank anunciou nesta quinta-feira (22/12) um acordo que prevê o pagamento de 7,2 bilhões de dólares para encerrar um litígio nos Estados Unidos envolvendo a venda fraudulenta de hipotecas antes da crise de 2008. O valor é menos da metade do que havia sido pedido pelas autoridades americanas.

Em nota, o banco alemão informou que vai pagar uma multa de 3,1 bilhões de dólares ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos, além de outros 4,1 bilhões de dólares para os consumidores mais afetados.

O Departamento de Justiça pleiteava uma multa de 14 bilhões de dólares pelo papel do Deutsche Bank na crise das hipotecas subprime ("de segunda linha" – um financiamento de alto risco dado a clientes que não tinham bom histórico financeiro), que resultou na crise financeira de 2008.

Após a notícia do acordo num valor bem abaixo do desejado pelas autoridades americanas, as ações do Deutsche Bank subiram 2,35%.

O banco suíço Credit Suisse também pagará multa de 5,3 bilhões de dólares também pela venda fraudulenta de hipotecas antes da crise de 2008.

Os três maiores bancos dos EUA – JPMorgan Chase, Bank of America e Citigroup – também chegaram acordos com o governo americano, totalizando bilhões de dólares.

RC/dpa/efe

De outros Notícias