Aplicativo auxilia no cuidado de hortas caseiras

Hortas em casas e apartamentos são uma tendência. Mas o sonho de produzir alimentos saudáveis debaixo do próprio teto pode se tornar um pesadelo quando as plantas começam a adoecer, e fica difícil saber o que está causando o problema. Muitas vezes a pesquisa em livros e na internet só confunde ainda mais.

Com essa dificuldade em mente, um grupo de pesquisadores alemães desenvolveu um aplicativo para smartphones que promete facilitar a vida de amadores e pequenos agricultores: além de diagnosticar doenças de hortaliças e frutas, o Plantix oferece duas opções de tratamento – a convencional e a orgânica.

"Um diagnóstico errado, feito em lojas apenas pela descrição do problema ou estimado pelo próprio produtor, pode causar não só danos financeiros – como a perda de safra ou gastos com produtos errados – mas também é ruim para o meio ambiente devido ao uso errôneo de defensivos agrícolas", diz Korbinian Hartberger, um dos idealizadores do Plantix.

A ideia para o aplicativo surgiu no Brasil, onde parte do grupo se conheceu ao participar de um projeto de pesquisa alemão sobre mudanças climáticas e práticas agrícolas nos estados de Mato Grosso e Pará.

"Tivemos bastante contato com os agricultores. Quando a equipe da área de ciências naturais recolhia amostras de chão para análise de carbono, os produtores sempre diziam que era interessante, mas pediam ao pessoal que olhasse as plantas com problemas, pois eles queriam saber qual era a doença e o melhor tratamento", conta Hartberger.

Durante os três anos e meio que trabalharam no projeto, os pesquisadores perceberam que havia uma grande demanda para esse tipo de assessoria e pouca oferta de técnicos, devido ao tamanho do país, onde muitas vezes havia um especialista somente numa cidade que ficava a centenas de quilômetros da plantação.

No fim do projeto, já na Alemanha, os pesquisadores resolveram aplicar os conhecimentos adquiridos em programação de computadores e análises para ajudar os pequenos agricultores a resolver o problema que preocupava a grande maioria deles. Assim surgiu o Plantix, que possibilita o diagnóstico rápido e a distância de patologias que atacam hortaliças e frutas.

Solução com uma fotografia

Desenvolvido na Alemanha, a primeira versão do Plantix foi concentrada em doenças que atacam hortaliças e frutas do país. Lançado há menos de um ano, o aplicativo já listou 175 patologias em várias culturas.

Em breve, deve ser lançada uma versão do aplicativo para o Brasil. Como algumas patologias são regionais, atualmente, uma equipe do Plantix está recolhendo imagens de doenças que atingem culturas cultivadas em solo brasileiro em Mato Grosso, Santa Catarina e São Paulo. Esse material será analisado e fará parte do banco de dados do programa, usado para o diagnóstico feito a partir das fotografias enviadas pelos usuários.

O aplicativo é simples: o usuário escolhe inicialmente a cultura que está com o problema. Depois, faz uma fotografia da planta. A imagem é enviada ao servidor do Plantix e passa por uma análise, baseada em informações do banco de dados. Há três opções de reposta: a doença foi identificada com certeza, a identificação não pode determinar exatamente quais das seguintes patologias atacam a planta, ou essa doença ainda não está catalogada no aplicativo.

Junto com o diagnóstico, o usuário recebe informações sobre os sintomas da patologia. "Em caso de dúvida, como esses dados, a pessoa pode ter certeza da doença que ataca sua planta. Isso garante um controle pessoal, que também é importante", explicou Hartberger.

O aplicativo surge então possíveis tratamentos. O usuário tem a opção de escolher entre métodos convencionais e orgânicos. Além disso, há dicas para prevenir a patologia. O Plantix possuiu também uma biblioteca com informações sobre culturas e doenças que pode ser acessada offline.

As imagens enviadas ao servidor ajudam ainda outros usuários, pois com um banco de dados maior, os diagnósticos ficam cada vez mais precisos, e novas doenças podem ser incorporadas ao aplicativo. A equipe pretende disponibilizar informações para universidades e institutos de pesquisa que podem usá-las em projetos de análises de patologias.

Uma versão teste do Plantix em português já pode ser baixada no Brasil. O aplicativo completo, disponível no momento somente em inglês e alemão, deve ser lançado até abril do ano quem vem no país. Atualmente, ele só é compatível com o sistema Android. Os idealizadores do projeto pretendem disponibilizar uma versão para iOS até o Natal.

De outros Notícias